Diário de um Barbeiro 9

Não estive presente às récitas do Barbeiro de Sevilha em Porto Alegre. Mas soube que correram bem, sendo que no fim de semana a casa estava praticamente lotada. Mais uma vez fico feliz em saber que a mais lotada das casas foi a da récita para crianças nesse domingo à tarde.
Semana que vem é a primeira semana livre que a Companhia terá desde o início dos ensaios. Um descanso mais do que merecido e necessário, depois de mais de um mes de trabalho ininterrupto, sem feriados nem fins de semana. Teremos uma debandada geral, cada um vai para um canto, alguns já seguem para Florianópolis, onde a Companhia se apresenta em seguida, na semana que se segue, outros voltam a São Paulo, Londrina ou João Pessoa…
Os ensaios serão retomados no próximo fim de semana em Florianópolis, alguns artistas do elenco serão substituidos, alguns membros da orquestra também. Será nossa obrigação manter a qualidade da produção, ensaiar os novos, ensinar-lhes em alguns dias o que os outros levaram semanas para aprender. Essas são, porém, as características de uma Companhia como a nossa, e temos que achar um modo de funcionamento que incorpore essas dificuldades daqui por diante, em todas as futuras produções.
Sinto não estar presente nessas semanas, mas por aqui, em terras portenhas, faço a publicidade do nosso projeto e encontro a maior simpatia e admiração em todos os lugares. Se tudo der certo, poderemos ser uma referência na ópera sul-americana tanto quanto o Colón o é. Completamente diferentes, com outros objetivos, mas tão fundamentais quanto.
Vamos em frente

Anúncios
Esse post foi publicado em Barbeiro e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Diário de um Barbeiro 9

  1. Carlos Magno disse:

    Caro Maestro,

    Assisti “O barbeiro” neste sábado em Porto Alegre. O espetáculo foi excelente, fiquei entusiasmado.
    A junção dos desenhos de Held ficou sensacional, com um excesso talvez.
    Os cantores são ótimos, com uma expressividade ótima.
    Adorei a cena do Paz e amor. Quando a relembro rio sozinho.
    Parabéns pela iniciativa e muito sucesso na continuidade.
    Achei que o nome do regente deveria ser citado, mas não entendo nada de ópera.
    Um forte abraço,
    Carlos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s